Em operação Eletrobras flagra posto combustível e Drogaria com ligação clandestina
9 de novembro de 2017 Destaques,Notícias rodrigo.felix

Assessoria de Imprensa

A Eletrobras Distribuição Amazonas realizou na manhã desta quinta-feira (09) uma ação de fiscalização visando combater e coibir a prática de furto de energia. O estabelecimento flagrado foi um posto de combustível, localizado na Avenida Torquato Tapajós, Bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus.

Na última semana as equipes da Empresa foram até o local para retirar as ligações clandestinas do local, mas foram ameaçados de morte pelo responsável. Hoje as equipes retornaram com apoio policial, e no ato da inspeção, foi constatado que a unidade consumidora estava sem os medidores, com transformador alterado e com subestação ampliada sem aprovação do projeto por parte da Distribuidora. Um ramal trifásico ligado diretamente à rede de baixa tensão da Distribuidora alimentava a unidade consumidora. O responsável foi notificado pela autoridade policial a prestar esclarecimento. O prejuízo à Distribuidora e a sociedade foi de R$ 16.749,11.

O prejuízo à Distribuidora e a sociedade foi de R$ 16.749,11

Drogaria

Na última sexta-feira (03), uma Drogaria, localizada na Avenida Campo Grande, Bairro Redenção, foi fiscalizada para apurar uma denúncia de furto de energia elétrica no local. A Unidade Consumidora estava ligada diretamente na rede de Baixa Tensão, com o medidor de energia desligado em posse do consumidor e com ligações clandestinas que alimentavam os refletores da Drogaria. O prejuízo causado à Distribuidora foi o valor estimado de R$ 17.783,38.

As operações contaram com o apoio da Delegacia Especializada no Combate Ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e Perícia do Instituto de Criminalística (IC)

As operações contaram com o apoio da Delegacia Especializada no Combate Ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e Perícia do Instituto de Criminalística (IC).

A Unidade Consumidora estava ligada diretamente na rede de Baixa Tensão, com o medidor de energia desligado em posse do consumidor

A Eletrobras destaca que o combate às perdas de energia só é possível com o envolvimento de toda a sociedade. O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime conforme o código penal brasileiro, artigos 155 e 171.

Tags
Eletrobras Distribuição Amazonas