Eletrobras realiza reunião com Defesa Civil para tratar do plano de contingência nos municípios afetados pela cheia
8 de março de 2018 Destaques,Notícias rodrigo.felix

Preocupada com a cheia nos rios, a diretoria de Geração Distribuída da Eletrobras Distribuição Amazonas participou de uma reunião nesta quinta-feira (08), com representantes da Defesa Civil do Estado, para tratar sobre o plano de contingência da Distribuidora, que tem o objetivo de realizar ações preventivas, para que não ocorra nenhum tipo de acidente referente à energia elétrica durante o período de cheia.

O plano de contingência abrange a suspensão do fornecimento de energia em unidades consumidoras atingidas pelas cheias, além de elevar a altura dos cabos em travessias de rios e igarapés, sinalizar a rede aérea com placas de alerta para embarcações, retirar transformadores e medidores onde o nível das águas ameaçam o sistema e realizar desligamentos de vãos de rede. Essas medidas visam garantir a segurança das famílias e das equipes que trabalham nas áreas atingidas.

As medidas visam garantir a segurança das famílias e das equipes que trabalham nas áreas atingidas

 

Na reunião foram tratados assuntos sobre enchentes e suas especificidades, cooperações em logística, troca de informações e ações conjuntas. Também foi levantada a possibilidade de firmar um termo de cooperação entre Defesa Civil e a Eletrobras, em apoio às situações de crise.

De acordo com a Defesa Civil, a bacia do Rio Madeira tem um município em situação de emergência (Apuí), e outros cinco em alerta (Humaitá, Nova Olinda do Norte, Borba, Manicoré e Novo Aripuanã). Nas calhas do Juruá e Purus, 12 municípios estão em estado de atenção. Em Manaus a cheia está dentro da normalidade e não traz preocupação por enquanto.

Tags
Eletrobras Distribuição Amazonas