Eletrobras flagra fraude na medição e ligação clandestina e responsável por prédios é preso
18 de maio de 2018 Destaques,Notícias rodrigo.felix

A Eletrobras Distribuição Amazonas realizou na última quarta-feira (16), uma ação de fiscalização visando combater e coibir a prática de furto de energia. Os estabelecimentos flagrados foram três imóveis de um mesmo empresário, localizados nas ruas Vargson Navegante e Doutor Thomaz. A operação contou com o apoio da Delegacia Especializada no Combate Ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e perícia do Instituto de Criminalística (IC).

O primeiro imóvel inspecionado tinha 31 quitinetes, uma mercearia e a residência do responsável, havendo apenas um medidor com desvio de energia e diversas ligações clandestinas conectadas diretamente a rede da Distribuidora. No segundo imóvel, com 17 quitinetes, foram encontradas ligações clandestinas, oferecendo risco de choque elétrico aos moradores do local. Já o terceiro prédio fiscalizado possuia 13 quitinetes e uma drogaria, todos apresentaram ligações clandestinas, não possuindo padrão de entrada para regularização na medição, conforme estabelece a resolução 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O responsável pelos empreendimentos foi preso em flagrante e liberado após pagar fiança

Foram adotados os procedimentos de recuperação de energia. Caso não fosse realizada a ação de fiscalização, os prejuízos causados à Distribuidora e à sociedade poderiam chegar ao valor de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais), no período de um ano. O responsável pelos empreendimentos foi preso em flagrante e liberado após pagar fiança.

A Eletrobras destaca que o combate às perdas de energia só é possível com o envolvimento de toda a sociedade. O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime conforme o código penal brasileiro, artigos 155 e 171.

Tags
Eletrobras Distribuição Amazonas