Eletrobras flagra fábrica de desinfetantes com fraude na medição e ligação clandestina no Nova Cidade
6 de abril de 2018 Destaques,Notícias rodrigo.felix

A Eletrobras Distribuição Amazonas realizou nesta sexta-feira (06), uma ação de fiscalização visando combater e coibir a prática de furto de energia. O estabelecimento flagrado foi uma fábrica de grande porte de desinfetantes, localizada na Avenida Margarita, bairro Nova cidade, Zona Norte de Manaus. A operação teve o objetivo de inspecionar a medição do estabelecimento. Funcionários da fábrica resistiram a permissão de entrada das equipes da distribuidora e da polícia para realizar a inspeção na subestação. A operação contou com o apoio da Delegacia Especializada no Combate Ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e perícia do Instituto de Criminalística (IC).

O prejuízo causado à Distribuidora e à sociedade foi de R$ 552.213,72

No ato da inspeção foi constatado fraude no circuito trifásico da corrente de medição, com isto, o medidor aferia apenas 10% do consumo total da fábrica. Uma outra ligação clandestina também foi encontrada, conectada diretamente à rede da distribuidora e sustentada por um tábua de madeira, alimentando uma máquina de construção de poço artesiano, oferecendo sérios riscos de acidente com choque elétrico.

No ato da inspeção foi constatado fraude no circuito trifásico da corrente de medição, com isto, o medidor aferia apenas 10% do consumo total da fábrica

Foram adotados os procedimentos de recuperação de energia e regularização com novo sistema de medição, e o responsável pelo estabelecimento foi intimado a comparecer na Delegacia Especializada, para prestar esclarecimentos sobre o crime. O prejuízo causado à Distribuidora e à sociedade foi de R$ 552.213,72. Conforme a resolução 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a medição de energia elétrica deve estar acessível à Distribuidora para inspeções, o que não ocorreu na fábrica.

A Eletrobras destaca que o combate às perdas de energia só é possível com o envolvimento de toda a sociedade. O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime conforme o código penal brasileiro, artigos 155 e 171.

Tags
Eletrobras Distribuição Amazonas